Steve Jobs - RIP

10:09

Olá!

Não poderia deixar de comentar com vocês e também de prestar minha homenagem ao gênio Steve Jobs, fundador da Apple, que apesar dos obstáculos que enfrentou ao longo da vida - incluindo a rejeição sofrida dos pais biológicos - seguiu em frente, não desistiu, e revolucionou definitivamente o universo da informática.

Há mais de 30 anos atrás em uma garagem, junto com um amigo, construiu o primeiro computador pessoal. 
Criou o Ipod, o Iphone e o Ipad.
Era autodidata e nunca concluiu uma faculdade.

Em sua vida seguiu sempre enfrentando desafios, perseguindo seus objetivos, lutando contra o medo e contra as limitações e assim,  atingiu o topo.

Em 2005, já doente, Jobs fez uma palestra para uma turma de formandos da Universidade de Stanford e emocionou os alunos com as seguintes palavras:

 “Lembrar-me de que estarei morto em pouco tempo é a mais importante ferramenta que já encontrei para me ajudar a fazer as grandes escolhas da vida. Porque quase tudo - todas as expectativas externas, todo o orgulho, todo o medo de constrangimentos ou de falhar - deixa de ser importante diante da morte, restando apenas aquilo que realmente importa”.
R.I.P.

Steve Jobs brinca com Photo Booth

Hello!


Today I'm here to pay tribute to the genius Steve Jobs, founder of Apple, who despite the obstacles  faced throughout life - including the rejection of his biological parents  - moved on, did not give up, and definitely revolutionized the world of computer.

For over 30 years ago in a garage, along with a friend, he built the first personal computer.
 He created the Ipod, the Iphone and the Ipad.
He was self-taught and never finished college.
In his life he was always facing challenges, pursuing his goals, fighting against the fear and limitations and thus reached the top.

In 2005, already ill, Jobs made a speech to a graduating class of Stanford Universityand that thrilled the students with the following words:  

"To know that I'll be dead soon is the most important tool I've ever encountered to help me make the big choices in life. Because almost everything - all external expectations, all pride, all fear of embarrassment or failure - is no longer important in the face of death, leaving only what really matters. "

RIP!

4 comentários:

Lua Negra disse...

Pois é amiga o que pra muitos na época essa visão dele de um futuro conectado foi vista como utopia, loucura... Ainda bem que ele continuou acima de todas as adversidades e nos brindou com um futuro tecnológico, e deixou um herança primorosa.
O mundo está cheios de espíritos evoluídos, que voltam sempre para o planeta, para que haja uma evolução positiva. Ele veio, cumpriu a missão e deixou um legado.
Parabéns pela postagem.
Te desejo um final de semana de paz e magia.
Beijos de lavanda.
Lua.

Cris disse...

É isso aí, Lua, mas ao menos esse gênio, Steve Jobs, ainda teve o reconhecimento enquanto estava vivo.
Mas, e o que dizer de Van Gogh, que em sua curta vida vendeu apenas UM único quadro (quem comprou foi o irmão dele) e morreu sem o devido reconhecimento?
E tantos outros...
Enfim, todos esses maravilhosos seres merecem nosso respeito, nossa admiração e nossa homenagem!


Bom fim de semana, com gotas de baunilha e orvalho!

Beijos!

Cissa Branco disse...

Cris,

Grande perda, um dos maiores gênios da atualidade e exemplo de vida, lutou contra tudo e se construiu, o discurso dele na cerimônia de formatura é incrível e emocionante.
Uma perda enorme para todos nós.
Grandes beijos

Cris disse...

É isso, Cissa. Ele registrou seu nome na História.

Beijos!

Tecnologia do Blogger.