CURSO DE JUNK JOURNAL - Aula 6 (Junk Journal Course #6) - VÍDEO

(clique  para ampliar-click  to enlarge)


Chegamos à parte mais interessante do Junk Journal: Moldes e Furação de cadernos e capas!

A costura que vamos usar é a panfleto e nela escolhemos um número ímpar de furos a partir de 3, obviamente. É uma costura muito segura e muitas vezes eu escolho apenas 3 furos mas pode-se escolher 5, 7, 9, 11, etc.

Vamos ver como fazer os moldes com 3 e com 5 furos, tanto para os cadernos quanto para as lombadas. Eu faço apenas um molde pra tudo: caderno e lombada, mas como este é um curso para iniciantes optei por fazer moldes separados, pra facilitar o entendimento.

E hoje vamos sair um pouco dos cálculos e passar a um sistema de dobradura porque os números ímpares de furação  são bem práticos quando se trata de fazer moldes, bem fácil mesmo!

Depois dos moldes feitos, passamos á furação e pra isso podemos usar um berço de furação, ou um livro aberto ao meio. Posicionamos os cadernos abertos ao meio e usamos o agulhão pra fazer os furos.

Para os furos da lombada prefiro abrir a capa, posiciona-la de forma plana sobre um EVA e fura-la, acho mais prático.

Enfim, existem muitas maneiras de se fazer um Junk Journal, cada pessoa faz de forma diferente por isso logo na primeira aula eu disse que se tivermos 7 milhões de pessoas fazendo Junk Journal, teremos 7 milhões de Junk Journal diferentes!


Today we are going to see  the most interesting part of a Junk Journal: Molds and Drilling of signatures and covers!
The seam we are going to use is the pamphlet seam where we chose an odd number of holes from 3, obviously. It is a very safe seam and I often choose only 3 holes but you can choose 5, 7, 9, 11, etc.
Let's see how to make the molds with 3 and 5 holes for both jsignatures and spines. I just make a template for everything: signatures and spine, but since this is a beginner's course I chose to make separate molds, to facilitate understanding.
And today let's get a little out of the calculations and move on to a folding system because the odd numbers of drilling are very practical when it comes to making molds, quite easy indeed!
After the molds are made, we will drill and use a drill cradle, or a book open in the middle. We put the open signatures and use the tool to make the holes.
For the spine holes of the cover I prefer to open the cover, position it flat on an EVA and drill it, I find it more practical.
Anyway, there are many ways to make a Junk Journal, each person makes it differently so in the first class I said that if we have 7 million people making Junk Journals, we will have 7 million different Junk Journals!

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.